sexta-feira, 23 de abril de 2010

A Festa de Solstício


A Festa de Solstício de Verão decorria no mês de Junho num espaço que confinava com a Terra dos Pés Gigantes, também eles grandes entusiastas desta festa. Os habitandes de Fantasia organizavam tudo a rigor. O espaço onde seriam servidas as refeições, o local onde se dançaria, o palanque onde se poderia discursar.

As mesas eram redondas e estavam decoradas com tecidos leves pintados com motivos alusivos ao Verão. À volta das mesas havia bancos de madeira de carvalho. O local do baile era uma clareira e das árvores em volta pendiam lianas com flores de papel que dava um colorido muito convidativo e aprazível ao olhar. O palanque era todo atapetado com ervas e decorado com tecidos coloridos e leves.

Os organizadores tinham-se esmerado na organização e decoração dos espaços para que todos os seres de Fantasia se esquecessem do que a Fada Violeta revelara à população. O tema dos trajes era o Verão e só se pedia muita criatividade a cada um dos participantes.

A hora do almoço aproximava-se. A pouco e pouco os habitantes iam chegando, surpeendendo os que já ali se encontravam. Os Elfos tinham optado por túnicas brancas pintadas à mão com motivos marítimos. Os gnomos optaram por um fatinho num verde muito mimoso com folhas de árvores aplicadas por todo o traje. Os unicórnios levavam em torno do pescoço véus com as cores do arco-íris. Os homens optaram por trajes informais. Calções em azul marinho e uma t-shirt com paisagens marítimas estampadas na frente. As senhoras optaram por vestidos longos, brancos, num tecido leve e adornaram-se com brincos, colares, pulseiras, ganchos e cintos feitos com conchas e outros materiais do mar.

A princesa Ju escolheu um vestido azul claro vaporoso que lhe assentava que nem uma luva. As outras princesas também escolheram tons pasteis: rosa, laranja, violeta, verde, amarelo. Traziam no cabelo grinaldas de flores. As fadas tinham optado por trajes longos brancos com folhas de hera como colares, pulseiras e grinaldas. A Criança também se esmerou. Trajava uma t-shirt castanha clarinha com folhas de árvores que a mãe aplicou e uns calções verde musgo. Na cintura trazia um cinto feito de cordas de barco. Minedu não precisava de muito. Ainda assim trazia ao pescoço um lindo colar de pequenos flores e folhas.

Estavam quase todos. Enquanto aguardavam por alguns que se tinham atrasado, um côro de meninas tocava flauta. Que bela música suave e doce! Transmitia tranquilidade, paz, alegria...

9 comentários:

  1. Acho que também eu vou vestir um vestido azul e vou a essa festa.
    Bjs Catarina

    ResponderEliminar
  2. És bem-vinda a Fantasia e a esta festa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Carlos pelas suas palavras tão gentis.

    ResponderEliminar
  4. Uau...! Que cenário encantador, Natália. Foi como se eu mesma vestisse um vestido amarelo pálido e um malmequer no cabelo e desfilasse no reino da Fantasia. Adorei!

    Bjs :)

    ResponderEliminar
  5. Deve ter sido uma festa fantástica.
    Bjocas
    Patty

    ResponderEliminar
  6. Imaginei-a como se fosse para mim, a eterna criança, e para todos os adultos e crianças que gostam de festas.

    Beijos

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Helga por também ter participado nesta festa.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Linda festa! Nós também queremos uma, queremos a Primavera de volta. Com isto já li 3 capítulos. Agora ó ó. Beijinhos.

    ResponderEliminar